Produção de recursos de acessibilidade por pessoas “sem deficiência”

185cientoochentaycinco

Como produzir recursos de acessibilidade com qualidade para pessoas cegas ou surdas sem que tenhamos a mesma deficiência? Esta questão sempre é levantada em nossas pesquisas, seminários e nas produções que realizamos no nosso grupo de pesquisa MATAV (Mídia Acessível e Tradução Audiovisual).

Parte de minha pesquisa de Pós Doutorado na Universitat Autònoma de Barcelona (UAB) foi centrada em conhecer pesquisadores na área de Tradução Audiovisual & Acessibilidade e debater com eles questões teóricas e práticas que são bastante polêmicas atualmente. Tive a oportunidade de entrevistar dois docentes que atuam de forma bem dinâmica em Tradução Audiovisual na Europa. As entrevistas serão publicadas em periódicos brasileiros, a primeira já no mês de setembro com Anna Matamala e a com Pablo Romero-Fresco será publicada um pouquinho mais para frente.

ANNA MATAMALA - UAB - Barcelona

A Profa. Dra. Anna Matamala é minha supervisora aqui na UAB, tem uma carreira extensa como tradutora para dublagem em canais da TV Catalã…

Ver o post original 455 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s